Pular para o conteúdo
Voltar

Intermat realiza Workshop para estruturação do plano de regularização rural de Mato Grosso

Durante três dias, servidores do Intermat e Incra-MT estão reunidos para definir plano de trabalho que será executado para cumprir as metas de regularização das terras rurais
Carlos Celestino | Secom-MT

- Foto por: Mayke Toscano|Secom-MT
A | A

Servidores do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) que atuam no processo de regularização fundiária iniciaram, na tarde desta quinta-feira (15.07), Workshop de planejamento e estruturação de trabalho do projeto de regularização de terras rurais do Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Essa cooperação faz parte do programa "Terra a Limpo" para dar celeridade nos trabalhos executados entre os anos de 2021 e 2023.

A meta é realizar 54 mil quilômetros de georreferenciamento, ter 34 mil imóveis rurais georreferencidos com visita social, outros 34 mil inseridos no Sistema de Gestão Fundiária e 21 mil imóveis rurais titulados.No encontro, realizado na Escola de Governo, entre os dias 15, 16 e 20 de julho, os profissionais estão nivelando e reestruturando o modelo de atuação para garantir o alcance das metas do programa "Terra a Limpo", firmado junto ao Fundo Amazônia do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e que o Governo de Mato Grosso avance na regularização de assentamento e glebas rurais e entrega de título definitivo de propriedade.

Segundo o coordenador setorial do programa Terra a Limpo, Benetido Strobel, a missão é “o fortalecimento da regularização que vai possibilitar no bioma Amazônia, priorizar quais serão as glebas e assentamentos alvos do programa que envolve todas as fases até a entrega do título”.

O "Terra a Limpo" é composto por 10 projetos, que são executados por fases, exclusivamente voltado à resolutividade de conflitos por meio da regularização fundiária. Nesta, que é sua terceira fase, Intermat e Incra estão unidos para acelerar a execução do plano até sua fase final, com entrega da documentação das terras aos proprietários.

No encerramento do Workshop, terça-feira (20.07), todo panorama do plano de trabalho será apresentado ao presidente do Intermat, Francisco Serafim de Barros e ao superintendente do Incra Mato Grosso, Marcos Vieira Cunha.

Sobre o Programa Terra a Limpo

O programa prevê um investimento de R$72,9 milhões em Mato Grosso, com o objetivo central de promover a resolução de conflitos e a segurança jurídica pela posse da terra, beneficiando famílias de agricultores de 88 municípios.

O programa foi instituído pelo Decreto nº 1.560, de 29 de junho de 2018, sob a coordenação central da Casa Civil, com a implementação da política fundiária no estado realizada pelo Intermat, e parceria com o Incra e demais órgãos estaduais.